José Antonio Camacho já não é treinador do Benfica. O técnico espanhol demitiu-se do cargo e anunciou a decisão no final do jogo desta noite com o U. Leiria, que terminou com igualdade a dois golos.

 
José Antonio Camacho
«Acho que é o melhor para a equipa. A motivação que encontro nos jogadores, para mim, não é normal. Não estou motivado. Temos sete empates e uma derrota em casa. Falei com o presidente e disse que a actual situação talvez não mudasse para melhor. O Benfica necessita de algo mais. Estranho a reacção dos jogadores, espero que rendam mais com outro treinador». Foram estas as palavras de Camacho no anúncio oficial do adeus ao clube da Luz.

Luís Filipe Vieira lamentou a decisão do técnico espanhol, seu amigo pessoal, explicou que tudo fez para demovê-lo mas não foi bem sucedido.

«A decisão é irreversível. Não estávamos minimamente preparados para uma situação destas. Podemos dizer aos benfiquistas que já soubemos resolver problemas muito mais graves do que este, mas neste caso concreto, e face aos argumentos de Camacho, não podemos fazer mais nada. Não conseguimos demovê-lo da sua decisão. Explicou-nos que a sua decisão é tomada para o bem do Benfica, dizendo ainda que não vê motivação nos jogadores para lutar pelo segundo lugar», explicou o presidente encarnado.

Vieira informou que ainda esta noite a Direcção vai reunir-se, no sentido de encontrar a melhor solução para fazer face à inesperada saída de Camacho.

 

publicado por damasceno às 22:12