Autarquia de Pinhel reticente em relação ao funcionamento da nova unidade na próxima semana

foto
Os utentes do concelho de Pinhel devem começar a ser atendidos no novo Centro de Saúde a partir do início da próxima semana. Esta é a informação de que dispõe a Subregião de Saúde da Guarda, que classifica o edifício como “moderno e funcional”.

 

Há muito tempo que profissionais do Centro de Saúde e população do concelho de Pinhel aguardam pela mudança dos serviços para o novo edifício, que tem tardado a acontecer. A abertura das novas instalações já chegou a ser anunciada algumas vezes, mas a sua construção tem demorado a ser concluída. O fim da obra parece estar agora certo e tudo indica que o novo Centro de Saúde da ‘Cidade Falcão’ entre em funcionamento este mês.

A unidade de saúde, construída mesmo ao lado das instalações que durante muitos anos receberam os utentes do Concelho, propriedade da Misericórdia de Pinhel, deve abrir na próxima semana, a acreditar na Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC), que aponta o dia 15 de Setembro para a sua abertura. Isto, depois de muito tempo de impasse, com o arrastamento das obras e o atendimento dos utentes a ser feito em contentores (pré-fabricados) há cerca de dois anos, em vez dos três meses inicialmente anunciados. Uma situação que não agrada à população e suscitou o descontentamento de quem exerce a sua actividade no Centro de Saúde, que se queixa de falta de condições de trabalho.

A interrupção nos trabalhos de construção do imóvel ficou a dever-se a dificuldades financeiras da empresa construtora, com a falência da mesma, havendo, então a necessidade de proceder à transferência da empreitada para outra firma. No edifício onde estava instalado o Centro de Saúde passaram a decorrer obras de adaptação para uma nova unidade de apoio a idosos da Santa Casa da Misericórdia da Pinhel, o que obrigou, então, à mudança de alguns serviços para pré-fabricados, arrendados, instalados no mesmo recinto.

 

Equipamento adquirido há muito tempo

Para além de melhores condições e espaços devidamente organizados, o novo edifício do Centro de Saúde terá a funcionar um Laboratório de Raio X, resultado de um investimento de cerca de cem mil euros feito pela Câmara Municipal de Pinhel, que também ofereceu o terreno para a construção da unidade, obra que ronda os dois milhões de euros.

No que se refere ao equipamento, a coordenadora da Subregião de Saúde da Guarda afirma que está já adquirido há muito tempo e a sua instalação tem aguardado pela conclusão dos arranjos interiores.

Da parte do município pinhelense, há muitas dúvidas em relação à abertura do novo edifício já na próxima semana, considerando que faltam ainda realizar alguns trabalhos para que os serviços possam funcionar plenamente, sem problemas.

 

Por: Fátima Monteiro (Jornal Nova Guarda)

publicado por damasceno às 11:38