Afinal os eventos, vulgo “festas e festinhas”, realizadas pelo executivo PSD que lidera os destinos na Câmara Municipal de Almeida servem para alguma coisa para além da essência natural para que são efectuados, ou seja, a vertente lúdico-cultural, promoção do Concelho, produto turístico capaz de dinamizar o tecido local, captando turistas ao território para tornar real a dita promoção e divulgação.

Sabemos o quão criticado tem sido este executivo pela aposta em actividades culturais e turísticas, cabimentando orçamentalmente as respectivas rubricas para tal, o que desde logo é motivo de critica feroz.

Sabemos também que a prática tem sido seguida por grande parte dos Municípios do Interior como forma de cativar turismo e combater o flagelo cada vez mais intenso que é a desertificação.

Contudo, a oposição ao actual executivo PSD sempre que pode e em locais mais ou menos próprios vai injectando a sua contra-informação, distorcendo o verdadeiro sentido destas actividades e fazendo ignorar ao eleitorado o esforço financeiro que é feito para lhes proporcionar acções diferentes do seu dia-a-dia com agentes também distintos.

Tudo isto para nos referirmos ao passado fim-de-semana onde na Feira Medieval, da responsabilidade da Câmara Municipal de Almeida, realizada em Castelo Mendo , de grande relevo e interesse, pudemos assistir a uma “visita”, qual campanha eleitoral, de uma comitiva do Partido Socialista liderada pelo Dr. Jaime Silva, Ministro da Agricultura. Esta visita não nos surpreenderia se fosse prática comum deste conterrâneo mas a verdade é que para quem não se desloca ao Concelho, em trabalho, a convite do Presidente da Câmara como é sobejamente sabido, menos sentido faria uma “visita cirúrgica” a um evento acompanhado por elementos pertencentes à estrutura partidária socialista com responsabilidades concelhias ao nível do partido e de órgãos municipais a tão poucos meses do acto eleitoral correspondente às autarquias.

Pena é que esta “visita” que poderia ter sido aproveitada para melhorar a promoção do nosso Concelho com a presença da comunicação social a nível nacional, tenha tido uma utilidade meramente política.

Contentes ficaríamos nós se o Sr. Ministro da Agricultura tivesse aproveitado esta deslocação para elucidar os agricultores sobre determinadas questões como por exemplo explicar onde estão os apoios financeiros que a CAP exige para que as pequenas explorações agrícolas sejam licenciadas; ou informar onde estão os fundos que compõem o QREN divulgados com pompa e circunstância há mais de dois anos; ou ainda tentar dar uma resposta à grave crise na produção leiteira, que é das piores das últimas décadas.

Nada disto aconteceu, mais uma vez o Partido do Governo mostrou como é empenhado no “Show-off” relegando as questões práticas para segundo plano. TEMOS PENA!!!

 

A Comissão Política de Secção de Almeida

Fonte Site PSD - ALMEIDA  (http://psdalmeida.webnode.com/news/festas-e-festinhas/)

publicado por damasceno às 12:18