A quatro dias das eleições, Manuela Ferreira Leite diz que o PS está “desesperado”. Em Famalicão, a líder do PSD deixou palavras duras aos socialistas, que ontem a desafiaram a pedir desculpas a José Sócrates. Ferreira Leite faz finca-pé e aponta o dedo àqueles “que tinham como obrigação, pensar no país, e andam por aí a pensar noutras coisas”.

Ontem à noite, o deputado socialista José Junqueiro desafiou a líder do PSD a pedir desculpas aos socialistas pelas “combinatas” montadas "contra o PS", numa referência indirecta ao caso das alegadas escutas a Belém.

Ferreira Leite recusa-se a fazê-lo e diz que está “em campanha eleitoral, não para discutir casos montados para distrair as atenções, mas sim para esclarecer as pessoas” e para discutir "os problemas dos portugueses".

Com a campanha a entrar na recta final, Ferreira Leite quer evitar aquilo que considera ser “fait-divers que em nada servem para esclarecer aquilo que está em causa nestas eleições”. E se José Junqueiro compara o “discurso de verdade” da líder do PSD ao discurso de Salazar, diz Ferreira Leite que isso mostra como o PS está "desesperado".

"Junqueiro esta por trás desta campanha"

Eurodeputado Paulo Rangel (arquivo)Em Famalicão, Paulo Rangel juntou-se mais uma vez à "Volta" do PSD e a Manuela Ferreira Leite. E à semelhança da líder social-democrata, também o eurodeputado criticou as referências de José Junqueiro ao caso das alegadas escutas à Presidência.

O antigo líder parlamentar laranja garante que José Junqueiro esté “desde o início por trás desta campanha”, acusando-o de ter falado pela primeira vez sobre esta polémica..

E se a escolha de José Junqueiro como orador em Viseu coube a José Sócrates, diz Paulo Rangel que também o Secretário-Geral socialista tem culpa no cartório. “Isto diz tudo sobre a forma como o PS está a tentar minar esta campanha”.

Agenda da campanha

Depois de uma visita rápida a uma instituição de solidariedade social esta manhã, em Famalicão, Manuela Ferreira Leite segue esta tarde para Espinho e Santa Maria da Feira.

Por. Marco Leitão Silva in http://legislativas2009.sapo.pt

publicado por damasceno às 18:10