Investigação SIC mostra irregularidades em filiações no partido.

Dezenas de militantes do Partido Socialista (PS) na Guarda estão inscritos nos cadernos com moradas falsas. Uma investigação da SIC dá conta das irregularidades que envolvem militantes recém-inscritos no partido. A morada da Associação de Dadores de Sangue, por exemplo, é indicada por vários nomes envolvidos.

 

A freguesia de Valhelhas, às portas da Guarda é apenas um exemplo. São centenas, os militantes do partido socialista recém-inscritos que figuram nas listagens com a mesma morada sem a mínima correspondência.

Trinta aparecem com o endereço da Associação distrital de Dadores de Sangue.

Ligados a uma empresa da Guarda aparece uma dezena de novos filiados, mas o proprietário, dirigente distrital da J.S. não quis esclarecer se ao menos são funcionários.

Em Celorico da Beira verifica-se o mesmo procedimento. Para a morada a declarar serve o apartado do próprio partido ou então a casa do pai do dirigente concelhio. As listas dizem que ali vivem 11 militantes e nem o apelido coincide.

Fernando Cabral, o presidente distrital do partido já alertou José Sócrates e debateu o caso internamente. Sem entrevistas. E, há militantes que subscrevem a crítica.

O Conselho de Jurisdição do PS admite abrir um inquérito e avaliar a transparência das novas filiações.

Fonte. www.sic.pt

publicado por damasceno às 13:54