Pinhel comemora a liberdade e entrega Habitações Sociais

26.04.08

Já estão concluídas as Habitações Sociais construídas pelo Município de Pinhel, no intuito de responder às necessidades dos agregados familiares que, durante várias décadas, viveram em edifícios pré-fabricados, no Bairro dos Olivais.

 

As obras chegaram ao fim e, no dia 25 de Abril, Dia da Liberdade, o Município de Pinhel procedeu à inauguração e entrega de 20 fogos, uma cerimónia marcada às 15.00h, na Rua João Paulo II, e que contou com a presença da Governadora Civil do Distrito da Guarda e de um representante do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IRHU).
De referir que a construção deste bairro de Habitação Social foi uma das prioridades deste Município, tendo em conta a necessidade de proporcionar condições habitacionais dignas a famílias carenciadas que residiam, ainda, em pré-fabricados. Assim, os 20 fogos a inaugurar vão beneficiar outros tantos agregados, num total de 48 pessoas.
No que diz respeito à tipologia das habitações, foram construídos quatro T1, nove T2, quatro T3 e três T4, num investimento total de cerca de 900.000€, comparticipados pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana em cerca de 334.000 €.

Fonte (Site da C.M.Pinhel)

publicado por damasceno às 13:11

Grupo Frei Fado Del Rei

26.04.08

Formados no Porto, em 1990, os Frei Fado d’el Rei construíram o seu projecto em torno de um som rico em elementos provenientes de raízes diversas. Mais do que uma súmula premeditada de géneros, a evolução musical da banda obedeceu a um processo natural de fusão entre o imaginário do fado, da música popular e do flamenco, de forma equilibrada e harmoniosa.
Saudade, destino, amor, histórias de reinos sagrados, de caravelas partindo para o mar, rotas da seda trazendo rumores de estranhas lendas e memórias. Cítaras que choram ao canto da prece de devoção sacra da trovadora; são temas preferenciais do grupo.
Evidenciando uma maturidade crescente, os Frei Fado d’el Rei incluíram, no seu som, novos instrumentos, como o bandoloncelo e os samplers, os quais vieram ajudar a reafirmar a personalidade da banda.
Com espectáculos de contornos clássicos, mas com uma abordagem moderna, o grupo tem como palcos de eleição, para as suas actuações, locais não convencionais, castelos, velhos teatros e mosteiros.
Os Frei Fado d’el Rei participaram em vários concertos e festivais, no Brasil, Estados Unidos, Espanha, Holanda e Bélgica. Em Junho de 2003, a banda registou, em CD, um concerto memorável, dado no Mosteiro de Leça do Balio, inserido nas comemorações dos 1000 anos deste monumento nacional.

Os Frei Fado d’el Rei, apresentam o seu novo trabalho, “Senhor Poeta”, com 15 temas de José Afonso, numa homenagem a propósito do 20º aniversário da sua morte.

Este disco constitui a oportunidade de abordar também os poetas nos quais o grande mestre se inspirou e cujas obras ele musicou. É o caso de “Senhor Poeta”, belíssimo poema de Manuel Alegre, fonte e inspiração para o título desta obra, fazendo uma aproximação ao conceito do poeta que canta outros poetas.
O disco tem um registo limpo de modo a manter-se fiel ao espírito que José Afonso criou para as suas obras e a música e a linguagem aparecem ligadas por grandes laços de afinidade.

Em 1994, os Frei Fado d’el Rei, já tinham participado no disco de homenagem a José Afonso "Filhos da Madrugada".
José Afonso é uma fonte de inspiração deste grupo, e os Frei Fado D’el Rei numa sincera e sentida homenagem a este cantor / autor, apresentam uma abordagem da obra artística de José Afonso relevando a sua vertente poética, quiçá relativamente subestimada em relação à componente política.

Inclui 14 temas originalmente compostos por José Afonso a partir de poemas seus e alguns dos mais conhecidos poetas portugueses, tal como “Comboio Descendente”, um poema cantado de Fernando Pessoa ou ainda “Verdes São os Campos” de Luís Vaz de Camões (sendo este último, um tema nunca antes regravado por outro grupo).

 

Ficha Artística
Carla Lopes– Voz
Cristina Bacelar– Guitarra e Voz
José Flávio Martins– Baixo Acústico, Bandoloncelo e Bandola
Ricardo Costa– Guitarra
Rui Tinoco– Teclados e Programações
Zagalo– Percussões

 

Ficha Técnica
OPERAÇÃO DE SOM – Frederico Pereira
OPERAÇÃO DE LUZ – Carlos Bartilotti
EQUIPA TÉCNICA – Bartilotti Produções
PRODUÇÃO EXECUTIVA – Carlos Bartilotti

Daqui um forte abraço ao Sr. Carlos Bartilotti,  foi um enorme prazer ter tido a possibilidade e o privilegio de os ter conhecido pessoalmente. O vosso profissionalismo, dedicação e qualidade músical é de todo invejável. Grandes sucessos musicais são os meus desejos para este maravilhoso grupo.
publicado por damasceno às 00:51

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
18
21
25

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

tags

todas as tags

comentários recentes

  • Que negócio da china!
  • Gostei do blog,Sara
  • Grande banda...
  • esta feira e que vai ser lool:)~»3
  • “Natal... tempo de paz, de celebração, de esperanç...
  • Os Baile a Baile de Palmela 5 musicos com uma cant...
  • Os Baile a Baile de Palmela 5 musicos com uma cant...
  • Já mudámos!… Se por um lado nos continuamos a cham...
  • Banda "NPJ" Já com um cantinho na InternetFoi no p...
  • http://acdestreladealmeida.blogspot.com/

mais comentados